domingo, 24 de novembro de 2013

domingo, 13 de outubro de 2013

domingo, 28 de julho de 2013

Índia declara os golfinhos como pessoas não humanas

Um grande passo foi dado em relação ao reconhecimento dos golfinhos como inteligências não humanas. Agora, na Índia, além de os golfinhos serem protegidos por lei, eles não poderão mais serem mantidos em cativeiro.

O ministro hindu do meio ambiente e das florestas, baniu todos os shows de golfinhos em seu território argumentando serem moralmente inaceitáveis, já que golfinhos são pessoas não humanas.

Em uma declaração, o governo da Índia avisou todos os governos estaduais do país para rejeitar qualquer proposta para estabelecer delfinariuns, por qualquer pessoa, organizações privadas ou públicas, governos, etc, e por qualquer razão.

A declaração liberada pela Autoridade Animal Central diz que: “Os cetáceos no geral são muito inteligentes e sensíveis, e vários cientistas do mundo que os pesquisam comprovaram a sua alta inteligência comparada aos outros animais do planeta, devendo eles serem vistos como pessoas não humanas com os seus próprios direitos, sendo por isso moralmente inaceitável mantê-los em cativeiro.”

A Índia é o primeiro país do mundo a aceitar tal declaração e torná-la lei. Já dizia Gandhi:
“O grau de evolução de uma sociedade pode ser avaliado pelo modo como essa sociedade trata suas crianças, seus idosos e seus animais.”